Páginas

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

CAPÍTULO 41-NARRAÇÃO VAN:CATIVEIRO!

Eu estava em algum lugar,úmido,sujo,onde o sol praticamente não entrava,meus pés estavam amarrados e minha mão também,mantinha uma venda nos meus olhos que eles tiravam apenas quando eu ia comer,ou ao banheiro,a única coisa que pude ver desde que cheguei aqui,é que estamos longe de Los Angeles concerteza,eu quando voltava do banheiro,vi uma imensa estrada de terra e mais terra,eles eram 2.Eles sempre se referiam a uma tal chefia,que não descobri quem era.Eu ouvi um deles falar
“olha como você fala com a pessoa que está com seu amorzinho!”,provavelmente eles estavam falando com o Zac,droga,eles não podem colocar o Zac no meio dessa confusão,o Zac não.
Eu pude ouvir o resto da conversa,já que o telefone estava no alto falante.
Pessoa: por enquanto eu não fiz nada,mas se você não fizer tudo direitinho como eu mandar ela morre!
Zac: o que você quer? (chorando)
Pessoa:eu quero você em troca dela!
Zac: ok,mas antes eu preciso saber se ela ta viva! (o Zac pirou de vez,ele na pode fazer isso por mim)
Pessoa:ok
O seqüestrador me passou o telefone e eu finalmente pude falar para o Zac desistir dessa loucura.
Van: Zac não faz isso eles vão te matar,por favor não faz isso Zac! (eu já estava chorando)
Zac: Van eu te amo,eu vou tirar você daí!
Van:eu também te ao,mas não faz isso Zac por favor! O seqüestrador me deu um tapa no rosto,eu gritei,mas logo arrependi,sabia que isso deixaria o Zac mais apreensivo .Eles tomou o telefone.
Zac: Van
Seqüestrador:então,você vai fazer o que eu mandar?
Droga o Zac tem que dizer não.
Zac:onde eu te encontro?
O que deu no Zac,ele tem que desistir,eu gritei com toda a força que eu tinha,que era pouca por sinal um “NÃO”,mas acho que não foi o suficiente pra ele escutar.
Seqüestrador:vai até a porta da sua casa,lá vai ter um envelope,dentro dele tem todas as “regras” e o endereço.
Zac:ok!
Seqüestrador: encontrou!
Zac:sim
Seqüestrador:perfeito!Te encontro a meia noite no local! Ele desligou o telefone.Ok!o que o Zac pensa que ta fazendo,eu prefiro ficar aqui do que ver ele ficar aqui,eu não suportaria viver sem ele.Depois que desligaram o telefone os seqüestradores começaram a soltar gargalhadas.
Seqüestrador 1 :ele caiu que nem um patinho!
Seqüestrador 2 : eles não se amam tanto,vão morrer juntos então! Eles riam alto,eu não vi graça,o que eles pensam que tão fazendo,eles não podem matar o Zac,eu disse pra ele não fazer isso.Os bandidos continuaram nas gargalhadas,até que ouvi uma voz feminina dizer “chega”,e eles silenciaram,um deles se referiu a ela como chefia,então era ela que tinha mandado me seqüestrar,mas afinal o que ela queria,nunca fui muito rica.Eles continuaram conversando,deu pra ouvir tudo.
-fizemos tudo como a senhorita queria,ele caiu que nem um patinho,ele vai estar no local combinado a meia noite.-um dos seqüestradores disse
-vocês o avisaram que se a polícia aparecer ela morre?-perguntou a “chefia”
-sim!-outro seqüestrador respondeu
-então,onde está a songamonga?
Espera a única pessoa que me chama de songamonga é.... (a porta abre e eles tiram minha venda) eles tiraram minha venda dos olhos,porém eles usavam máscaras,a tal chefia entrou,quando eu vi o rosto dela,não acreditei,foi como eu pensei ao ouvir a palavra songamonga,eu não acredito que ela foi capaz de fazer isso,depois de eu ter perdoardo ela.fiquei ao seu lado e a defendi,como ela foi capaz.
-MEGAN! –eu disse alto,quando vi seu rosto
-oi querida,como está,eles te tratam bem? –ela disse com uma falsidade,com um ar superior
-como você foi capaz,depois de tudo que eu fiz por você,eu te defendi,te ajudei,te desculpei- isso me deixava muito arrependida,eu deveria ter ouvido o Zac
-eu não tenho culpa songamonga,se você tem um coração mole de mais-ela dizia com um sorriso cínico no rosto.
- o que você quer?
-eu quero que você sofra,depois de tudo de ruim que você me causou,depois de ter tirado o Zac de mim - ela dizia e pude perceber que lágrimas surgiam nos seus olhos.
-você sabe o quanto foi humilhante,perder ele no dia do meu casamento?Eu amo ele,e você tirou ele de mim - ela dizia enquanto as lágrimas tomavam conta de seu rosto.
Aquelas palavras pareciam verdadeiras e angustiadas,bem no fundo senti pena dela.
-Megan,eu não tirei ele de você,se eu pudesse escolher quem amar,concerteza eu não escolheria um cara,por quem uma garota já é apaixonada,mas você não vê que esse não é o problema,e sim que ele não te ama,mas essas coisas Megan,são assim,o destino deve ter escolhido um garoto muito legal pra você,que vai te entender, te amar,te respeitar,você apenas precisa ter um pouco de paciência.-eu disse com uma voz doce e meiga
-mas eu quero o Zac,e se ele não vai ser meu ele não vai ser de ninguém!-ela soltou uma gargalhada que me deu medo.A Megan estava possuída de ódio e rancor.
-Você e o Zac não se amam tanto?Lindo,vão até morrer juntos!
-NÃO!Não faz nada com o Zac!
-bom,agora eu vou buscar ele!
A Megan saiu,quando ela se virou deu pra perceber que ela tava com uma arma na cintura,ok.Agora eu estava com medo,a Megan não ta batendo bem da cabeça,o que ela pretende fazer,será mesmo que ela vai nos matar?
Continua....


obrigada pelos coments,comentem esse e pessoal não sei que dia vai ter post,a escola pegou pesado com os trabalhos e to atolada de coisas,então não sei que dia vou poder escrever e postar,mas valeu pelos coments,bjinhos

5 comentários:

BeH♥ disse...

lindao bjsssss sem comentario AHHHHHHHHHHHH eu sabia que era amegan hihii

marilove disse...

ta lindo
perfeito
bjos

Jéssicah disse...

Posta logo,senão vc vai me matar de curiosidade!=D

Beijõos

Taís disse...

nossa sua historia ta maravilhosa eu to adorando porfavor posta logo os proximos capitulos ta bjs...

Caroliina =) ♥ disse...

Maravilhosa !
Divulga ?
http://soulovezanessa.blogspot.com/